Artigos

7 de fev de 2010

Tudo tem o seu tempo determinado ...


Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu,

há tempo de nascer e tempo de morrer,

tempo de plantar e tempo de colher o que se plantou,

tempo de matar e tempo de curar,

tempo de derrubar e tempo de edificar,

tempo de chorar e tempo de rir,

tempo de prantear e tempo de saltar de alegria,

tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras,

tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar,

tempo de buscar e tempo de perder,

tempo de guardar e tempo de deitar fora,

tempo de rasgar e tempo de coser,

tempo de estar calado e tempo de falar,

tempo de amar e tempo de aborrecer,

tempo de guerra e tempo de paz. (Eclesiastes 3:1-8)

Não sejas impaciente. Não tenha pressa em chegar ao fim, deixe que o tempo amadureça os frutos de modo que possa colhê-los amadurecidos.

Caminhe com segurança e constância, porque tudo vos chegará na hora exata e oportuna.

Os frutos amadurecidos à força, não são tão saborosos, quanto os que amadurecidos naturalmente. Saiba esperar com paciência e não desanime.

Não desanime, não pare no primeiro degrau da ascensão, se a dúvida o assaltar, se a tristeza bater à sua porta, se a calúnia o ferir; erga sua cabeça corajosamente e contemple o céu iluminado e tranquilo.

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus,

daqueles que são chamados por seu decreto. (Romanos 8:28)

Embora que ainda recoberto de nuvens, você sabe que elas passarão e que voltará a brilhar o sol da alegria. Nem tudo o que nos aborrece é forçosamente um mal.

O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer. (Salmos 30:5)

Não se deixe abater pela tristeza, todas as dores terminam. Aguarde que Deus vem com suas mão cheias de bálsamo e traz o alívio. A ação de Deus é infalível e nos guia suavemente pelo caminho certo aliviando nossas dores, assim como a brisa suave, abranda o calor do verão.

Mais depressa que se supõe, você terá a resposta na consolação que necessita.

Esperei confiantemente pelo Senhor, ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro.

Tirou-me de um poço de perdição, de um tremedal de lama; colocou-me os pés sobre uma rocha e firmou os passos.

E me pôs nos lábios um novo cântico, um hino de louvor ao nosso Deus; muitos verão essas coisas,

temerão e confiarão no Senhor.

(Salmos 40:1-3)

Um comentário:

Sueli Pinheiro disse...

Parabéns pela foto. Caiu perfeitamente com o texto. Estou vivendo a 3 anos na Espanha e aqui vemos como é marcante essa questão do tempo, aqui tudo é muito exato. POr exemplo, a primavera começa exatamente no dia marcado no calendário. De um dia para o outro a paisagem se transforma a temperatura se adapta. O tempo aqui nos faz sempre lembrardesse texto tão importante da bíblia.
Besitos desde España